POR QUE O PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO FALHA?

Nunca se falou tanto em estratégia, planejamento estratégico, gestão estratégica e muitos outros sinônimos que dizem quase a mesma coisa; no entanto, é raro observar uma empresa de sucesso afirmar que seu sucesso é derivado do planejamento estratégico; é muito mais fácil encontrar empresas que, investiram muito dinheiro na contratação de grandes consultorias para elaborar o planejamento estratégico e, depois de concluído o trabalho, o resultado é um documento na gaveta do CEO. O que ocorre com essas empresas? Suas estratégias estavam equivocadas? Já há um bom tempo que pesquisadores tem estudados tal fenômeno e a conclusão quase que geral é de que o problema não está na estratégia em si, mas em sua implementação. Tal fato levou Kaplan e Norton a criarem o Balanced Score Card como um método de implementar a estratégia, através de suas 4 perspectivas; no entanto, a simples utilização do BSC não é garantia de que o a implementação da estratégia será bem sucedida. Então por que falham?

Em primeiro lugar, uma empresa para ser bem sucedida não necessariamente precisa ser a maior empresa em seu segmento; sucesso nos negócios significa conseguir se perpetuar, sobrevivendo a seus membros; assim, começa por ai, o fracasso de um planejamento estratégico mal elaborado; a idéia de ser líder de mercado na maioria dos casos é utópica e não haverá nenhum comprometimento das pessoas em atingi-la. Muitas empresas hoje líderes, sequer realizaram um planejamento estratégico.

A mecanização do planejamento é outro fator de fracasso; tudo é convertido em planilhas ou dados em aplicativos e perde-se a real noção de onde se quer chegar e onde é possível chegar.

Para que a estratégia tenha possibilidade de sucesso, é preciso que a organização esteja alinhada em um propósito comum, o objetivo a ser alcançado. A estratégia precisa ser compartilhada entre todos e não somente entre os gestores; os empregados precisam entender e concordar com ela, como também serem premiados quando os objetivos são alcançados. Por fim, estratégia exige convicção de propósitos e não deve ser alterada por qualquer motivo. De outra forma, o PE será apenas mais um documento na gaveta.

Compartilhe com sua rede ...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Deixe uma resposta